7 livros que todo empreendedor deve ler em 2018

7 livros que todo empreendedor deve ler em 2018

Gestão e liderança: 7 livros que todo empreendedor deve ler em 2018

Há três principais coisas que determinam quem você será no futuro: os valores que abraça, as pessoas com quem anda e os livros que lê. Essa frase é muito conhecida, porém, revela a importância de apreciar bons livros.

Dentre muitos livros de gestão e liderança, é possível destacar alguns quase que como uma “leitura obrigatória”. Esses livros podem — e devem — ser lidos em 2018, garantindo que novos conhecimentos sejam adquiridos.

Alguns dos livros citados aqui são recém-lançados, outros, no entanto, foram publicados há duas ou mais décadas, mas continuam atuais e relevantes para o desenvolvimento de uma mente empreendedora. Confira!

1. A hora da Verdade — Jan Carlzon

O setor de aviação é um dos mais competitivos do mundo, por isso dele também surgem algumas das melhores histórias sobre gerenciamento.

Nesse contexto, um ótimo livro é “A hora da Verdade”, escrito por Jan Carlzon. Em meio a períodos “turbulentos”, aos 36 anos, Carlzon assumiu a presidência da Scandinavian Airlines, chamada de SAS, e inseriu uma série de práticas para otimizar o desempenho da organização, todas descritas no livro.

Em momentos de crise macroambiental, a maioria dos gestores escolheria estancar gastos, reduzir custos e operar apenas com o necessário. Carlzon, no entanto, decidiu investir na qualidade, tornando toda a SAS orientada para o cliente.

Para isso, decidiu dar mais poder aos funcionários que possuem contato direto com o cliente, autorizando-os a resolver qualquer problema e tornar os quinze primeiros segundos de contato com o cliente — chamados por ele de “momento da verdade” — incríveis.

A obra é de 1985, porém, oferece dicas que podem ser aplicadas ainda hoje em empresas dos mais diversos segmentos, tamanhos e idades. Vale conferir!

2. Dobre seus Lucros — Bob Fifer

Se o intuito é descobrir mais sobre gestão dos lucros, esse livro é realmente indicado. Com uma linguagem simples, objetiva e dicas práticas, “Dobre seus Lucros” mostra como reduzir os custos, aumentar as vendas e melhorar drasticamente os resultados da empresa.

Bob Fifer, seu escritor, é economista formada pela Universidade de Harvard, também é CEO de uma empresa de consultoria com o seu nome e atuou como consultor em mais de 20% das 500 maiores empresas da Fortune.

O livro possui três pilares: criar uma cultura que valorize o lucro, reduzir significativamente os custos e aumentar as vendas. Sua eficácia é tanta que, segundo a Exame, é o livro de cabeceira de Marcel Telles, fundador da AmBev.

3. Seja o melhor no que realmente importa — Joe Calloway

O que é preciso para construir uma grande empresa? Marketing, network, estratégia de venda, inovação. Calloway desafia esse pensamento e afirma que só é preciso ser o melhor no que realmente importa para os clientes.

A ideia é simples. Ao invés de tentar fazer de tudo um pouco e perder tempo com processos que não geram lucro nem sucesso, é preciso identificar o que gera valor para os clientes e ser realmente bom nisso.

Joe Calloway é especialista na área de desempenho e já ajudou centenas de empresas e pessoas a criar e sustentar o sucesso. No livro, dá exemplo de empresas como: Starbucks, Southwest Airlines, Coca-Cola e Amazon.

4. O poder do menos — Scott Sonenshein

Por que algumas pessoas e organizações, com tão pouco, são um sucesso, enquanto outras fracassam com tanto? Essa é a questão-eixo do livro “O poder do menos”, de Scott Sonenshein, recém-lançado pela HSM do Brasil.

Scott é Ph.D. em administração, professor da Rice University e já prestou consultoria para algumas das maiores empresas do mundo, como a Microsoft e AT&T. Nesse livro, se propõe a desvendar o sucesso e fracasso das empresas.

O autor afirma que o sucesso ou fracasso é proveniente da maneira de pensar dos empresários e líderes. Existem duas mentalidades: a perseguidora (quando o gestor acredita que precisa sempre de mais recursos para crescer) e a elástica (quando o gestor sabe adaptar seus atuais recursos de forma inovadora).

Grande parte do sucesso é proveniente da mentalidade elástica, isto é, da capacidade de encontrar poder na escassez de recursos. No livro, são compartilhados estudos de caso e dicas para desenvolver a mentalidade elástica.

5. Capitalismo Consciente — John Mackey e Raj Sisodia

O livro descreve a importância de uma empresa, por meio dos seus líderes, atuar de forma consciente no mercado, gerando valor para os clientes, empregados e sociedade em geral, e não pensando apenas nos seus lucros.

John Mackey é fundador e CEO da Whole Foods Market, uma rede internacional de supermercados; Raj Sisodia é professor de marketing da Universidade de Bentley. Juntos, construíram o movimento do “Capitalismo Consciente”.

O livro mostra como uma empresa pode “abraçar” o capitalismo, construindo uma estrutura sólida e lucrativa, ao mesmo tempo em que beneficia a sociedade. Para isso, os autores apontam quatro princípios: propósito maior, integração dos stakeholders, liderança consciente e cultura e gestão consciente.

6. Estratégia — Richard Luecke

O livro “Estratégia” trata sobre a criação e implementação da estratégia dentro das empresas, considerando variáveis internas e externas. É uma obra da série Harvard Business Essentials, publicado no Brasil pela Editora Recordo.

Ao longo do livro, são citados dezenas de exemplos de estratégias, bem como os erros e acertos de algumas das maiores empresas — como Toyota, eBay, General Eletric, 3M Company e Procter e Gamble (P&G).

Também são apresentadas ferramentas para: identifica qual estratégia se adapta a cada negócio, analisar o ambiente externo, ter as pessoas certas no lugar certo, assim como executar planos de ação que levem a resultados.

7. Criatividade S/A — Ed Catmull

A última dica de livro conta a história da criação da Pixar Animation, hoje uma das maiores produtoras de animação do mundo. É narrado por Ed Catmull, presidente da Pixar Animation e Disney Animation, além de Ph.D. em ciência da computação.

Nos últimos anos, a Pixar tem dominado o mercado de animação e produzido filmes como Toy Story, Monstros S.A. e Procurando o Nemo. Foram mais de trinta premiações do Oscar e recordes de bilheteria em todo o mundo.

Ao longo do conteúdo, é possível entender a razão desse sucesso, descobrir como despertar a criatividade nas equipes de funcionários, assim como as estratégias que podem ser usadas para construir uma cultura de criatividade e inovação.

Esses são alguns dos principais livros para 2018. Com eles, poderá melhorar significativamente a forma como gerencia seu negócio e as equipes de trabalho, extrair melhores resultados dos atuais recursos e crescer de forma saudável.

Gostou das nossas dicas? Aproveite para continuar aprendendo. Leia nosso post “Liderança de equipes: 8 dicas para atingir o sucesso”. Vamos lá!